Para Putin: nossas cores, nossos beijos

por Hugo Fonseca e Fábio Felix

A Russia anda chamando a atenção não apenas pelo caso Snowden, última ação aplaudida deste país que concedeu asilo político temporário ao americano perseguido por denunciar a prática ilegal de invasão de dados praticada pelos Estados Unidos. Dessa vez, outro assunto toma a imprensa de todo o mundo e o país assume local de destaque, agora de forma lamentável. O governo de Vladimir Putin acaba de aprovar uma lei que tem sido entitulada de anti-gay, uma vez que proíbe e pune qualquer referência (propaganda) à homossexualidade por parte de movimentos sociais, telenovelas e publicidades de um modo geral. Fica decretado, com essa lei, o fim das paradas LGBTs e de qualquer iniciativa que tente expor de modo normalizado formas “não tradicionais de comportamentos”.

Essa não é a primeira medida que o governo russo toma contra os direitos da população LGBT. Em 2012, Putin proibiu que casais homossexuais pudessem adotar filhos/as, o que mostra que a onda homofóbica naquele país vem se consolidando cada vez mais. É revoltante que um país que tenha como política pública incentivar a violência institucional, fortalecer a opressão e o preconceito, contribuindo para a construção de uma cultura de intolerância, desrespeito e invisibilidade.

A lei anti-gay trata a homossexualidade como um mal a ser combatido. Isso fica muito claro quando vemos que o discurso para legitimá-la é de proteção às crianças. É importante a clareza de que nenhuma criança vai se tornar gay ou lésbica por assistir um casal homossexual de beijando na telenovela. Essas representações não são o que define nossa sexualidade. Se assim o fosse, o que dizer das pessoas que passaram a vida tendo contato com o beijo da “princesa e o príncipe”, com uma família com “papai e mamãe” e ainda assim são sexodiversas?

Não nos deixemos enganar: essa iniciativa do governo russo quer calar os históricos movimentos que lutam pela diversidade sexual e manter intacta a realidade homofóbica do país. Depois que o caso da lei aprovada veio à tona inúmeras notícias relacionadas ao ódio contra LGBTs na Rússia. Vários deles tratavam de atos de humilhação e violência explícita aos homossexuais russos, obrigadas/os a darem declarações para vídeos. A justificativa para todas essas atrocidades era de “combate à pedofilia”, comportamento que tem sido absurdamente relacionado à identidade LGBT.

Isso demonstra que a Rússia, assim como diversos outros países do mundo, não têm apenas um governo que patrocina a homofobia, mas uma introjeção dessa opressão no cotidiano, no senso comum da sua população. Circula pela internet um vídeo em que um apresentador de Televisão russo diz: “Eu acho que impor multas aos gays por propaganda homossexual para menores não é suficiente. Eles deveriam ser proibidos de doar sangue, esperma. E seus corações, em caso de acidente de automóvel, deveriam ser enterrados no solo ou queimados, como inadequados para a continuação da vida”

Essa situação nos chama a reagir. Precisamos estar organizadas/os nessa luta que não é só na nossa família, na nossa cidade, nem no nosso país. Se querem a nossa morte, devemos responder com a nossa vida, com a livre manifestação da nossa subjetividade, com nosso encanto. É por isso que convidamos a todas as pessoas LGBTs ou não a se manifestarem contra as medidas do governo russo e pela dignidade de milhares de Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis e Transexuais do mundo todo. Não podemos achar que as coisas correm bem e estão melhorando “naturalmente”, nossos direitos apenas serão conquistados com nossa atuação coletiva permanente.

No próximo dia 23, sexta-feira, às 11 horas haverá Beijaço com Intervenções Artísticas em frente as representações da Rússia no Brasil (Evento do Facebook). Embaixada e consulados deverão ser tomados da nossa cor e da nossa alegria. Não admitiremos nenhum passo atrás na luta contra as opressões!

putin

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s