Crônica sobre o estilo dos presidenciáveis

Por Laila Maia Galvão

Abro o jornal e sempre encontro alguma reportagem sobre os modelitos dos presidenciáveis(!). O fato de termos nas eleições de 2010 uma pré-candidata mulher, com grandes chances de chegar ao segundo turno e vencer, parece ser um bálsamo para os jornalistas político-fashions. Finalmente eles podem escrever matérias que vão além dos comentários sobre as cores das gravatas dos candidatos e sobre o significado da utilização de um terno italiano, com o botão mais embaixo, ou de um modelo menos recortado e mais justo (afinal, como dizem por aí: fit, fit, fit, essa é a lei do terno). Nesse ano, além de pele, cabelo, e sapatos, teremos análises sobre babados, saias, colares, batons e tudo mais. Mais divertido, não?

Nos Estados Unidos esse tipo de discussão é recorrente. Bush lançou a moda da gravata azul, tendência seguida por vários congressistas daquele país desde então. Todos falaram que a escolha de Bush foi boa e que o azul, cor preferida dos americanos (será?), simboliza a constância e firmeza e também tranquilidade. O vermelho, cor mais tradicional, representaria o dinamismo e o poder. As eleições britânicas também trouxeram controvérsias desse tipo. Clegg usava, normalmente, gravata amarela, Cameron, gravata azul, e Gordon Brown, vermelha. Não faltaram críticas a Brown pelo nó de sua gravata, que seria muito grande.

Não precisamos nem falar da primeira-dama Michelle Obama. Muitos mal sabem qual é sua formação, sua história de vida, mas todos sabem dar algum palpite sobre suas roupas, na grande maioria das vezes, super elogiada. Já foi eleita uma das “10 pessoas mais bem vestidas no mundo” pela revista Vanity Fair. Obama também é muito elogiado nesse quesito. Muitos o acham bonito e elegante. Seu aspecto magro e longilíneo favorece o uso de ternos. Apesar de concordar com tudo isso, prefiro pensar que Obama está muito além disso.

Dilma foi bastante criticada por seu estilo de roupa. Há algumas semanas, a mídia brasileira repercutiu a notícia de que Lula teria orientado Dilma na troca de suas roupas. Lula propôs um visual mais moderno e leve. As blusas de babados deram espaço para terninhos de cores pastel. Estilistas profissionais trabalharam na nova produção da pré-candidata. Na internet, alguns comentários indignados: “como um ex-sindicalista pode entender de roupas femininas?!”.

Sim, estamos no século XXI, para muitos o triunfo da imagem, da sociedade do espetáculo, do marketing, do voyeurismo. Apesar das críticas, não podemos cair em argumentos puristas. A imagem, em maior ou menor grau, sempre foi relevante. E é claro que, ao votarmos, levamos em conta a imagem… a que temos, a que foi construída, enfim. Não se pode negar que forma e conteúdo são indissociáveis.

Apenas queria poder ler no jornal mais matérias sobre os discursos e sobre os programas de governo, e não só sobre botox e gafes. Um pouco mais de conteúdo e substância não iam fazer mal pra ninguém. Não estamos só preocupados com a embalagem, mas também com o que virá dentro dela. Chamo atenção, então, para uma nova inversão da inversão de valores: Para muitos, Lula ter dado palpite sobre as roupas de Dilma demonstrou a centralização da organização da candidatura do PT. Parece-me mais preocupante o fato de Lula ter escolhido Dilma, sem prévias dentro do partido. É nosso dever fazer com que as eleições de 2010 não sejam engolidas por debates que foquem apenas nos candidatos e nas suas preferências no mundo da moda. Que roupas e maquiagens sejam apenas o ponto de partida para discussões mais profundas sobre projeto de país.

Anúncios

Uma resposta em “Crônica sobre o estilo dos presidenciáveis

  1. Pingback: Crônica sobre o estilo dos presidenciáveis | rssBrasil.com

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s