Chefe da PM bate em militantes

É um absurdo o que ocorreu hoje na manifestação Fora Arruda na Praça do Buriti! A truculência da PM é inaceitável! Mas amanhã vai ser maior!

Amanhã tem movimento Brasília Limpa… todos de branco pedindo o Fora Arruda, Paulo Octávio e toda a máfia!

Participe!

Fotos de Carlos Silva (D.A. Press)

Mais: Album de fotos no UOL sobre a repressão:

http://noticias.uol.com.br/album/091209repressaobrasilia_album.jhtm?abrefoto=21%23fotoNav

Video com a íntegra do ataque do Coronel ao companheiro Zé Ricardo: http://badbambino.com/DCE/

P.S.: Testemunhas dizem que esse manifestante foi levado pelo BOPE as 14horas e só chegou à delegacia as 17horas com sérios hematomas em todo o corpo. Há fortes suspeitas de que tenha sofrido tortura.

Anúncios

12 respostas em “Chefe da PM bate em militantes

  1. Pingback: Tweets that mention Chefe da PM bate em militante « Brasil e Desenvolvimento -- Topsy.com

  2. Sayo… essa é pra você… linda sua foto!!!

    Pra Não Dizer Que Não Falei Das Flores
    Geraldo Vandré

    Caminhando e cantando
    E seguindo a canção
    Somos todos iguais
    Braços dados ou não
    Nas escolas, nas ruas
    Campos, construções
    Caminhando e cantando
    E seguindo a canção…

    Vem, vamos embora
    Que esperar não é saber
    Quem sabe faz a hora
    Não espera acontecer…(2x)

    Pelos campos há fome
    Em grandes plantações
    Pelas ruas marchando
    Indecisos cordões
    Ainda fazem da flor
    Seu mais forte refrão
    E acreditam nas flores
    Vencendo o canhão…

    Vem, vamos embora
    Que esperar não é saber
    Quem sabe faz a hora
    Não espera acontecer…(2x)

    Há soldados armados
    Amados ou não
    Quase todos perdidos
    De armas na mão
    Nos quartéis lhes ensinam
    Uma antiga lição:
    De morrer pela pátria
    E viver sem razão…

    Vem, vamos embora
    Que esperar não é saber
    Quem sabe faz a hora
    Não espera acontecer…(2x)

    Nas escolas, nas ruas
    Campos, construções
    Somos todos soldados
    Armados ou não
    Caminhando e cantando
    E seguindo a canção
    Somos todos iguais
    Braços dados ou não…

    Os amores na mente
    As flores no chão
    A certeza na frente
    A história na mão
    Caminhando e cantando
    E seguindo a canção
    Aprendendo e ensinando
    Uma nova lição…

    Vem, vamos embora
    Que esperar não é saber
    Quem sabe faz a hora
    Não espera acontecer…(4x)

  3. Zé Ricardo está bem. Foi agredido, espancado, ameaçado de morte, mas está bem. Já foi para casa com sua esposa, por volta das 23h.

    “When I despair, I remember that all through history the ways of truth and love have always won. There have been tyrants, and murderers, and for a time they can seem invincible, but in the end they always fall. Think of it–always.” (Mahatma Gandhi)

  4. O circo dos horrores de hoje não sairá da mente de cada brasileiro que testemunhou a modus operandi da polícia de Brasilia. Cidadãos gritavam de dentro de seus carros numa tentativa de proteger os manifestantes. Tudo em vão.

    Quem assistiu à truculência da PM sabe que dificilmente essa mancha será apagada. De nós, os hematomas sairão, mas a verdade nos consumirá até o último dia de nossas vidas.
    Os olhos vermelhos de sangue não são meramente figurativos. São os frutos da violência, da indignação contra uma sociedade amplamente corrompida em seus valores morais – ou pela falta deles.

  5. Aqui o relato do grande Márcio sobre o ocorrido:

    Já que alguns podem estar enviesados, já antecipo que eu não estou. Mando abaixo meu relato do que vi ocorrer ontem, após a manifestação, quando tentava libertar os 3 detidos pela PM:

    Pela manifestação de terça-feira e pelas imagens que vi na quarta, pelo menos 80% dos carros que passam apóiam o movimento e buzinam constantemente com os motoristas de mãos pra fora, pegando panfletos e gritando “é isso aí”. Acho que isso é suficiente para demonstrar que grande parte dá apoio à manifestação, certo?

    Quero denunciar aqui é o abuso ocorrido pós-manifestação, que acompanhei de perto, passando a tarde toda na delegacia tentando localizar os detidos, garantir que tivessem acompanhamento de advogados e impedindo abusos.
    Doce ilusão.
    Manifestantes detidos ficaram desaparecidos, nas mãos da PM, por mais de 3 horas. Ninguém sabia seu paradeiro. PM negava que havia prendido. Polícia Civil alegava que não estavam na delegacia. Impediam advogados de entrarem nas dependências da delegacia para procurar os detidos.
    Foi necessária a intervenção da imprensa, de um senador e da OAB para que todos os detidos “aparecessem”. Curiosamente, apareceram dentro da delegacia, sem passar pela porta da frente, uma delegacia onde o delegado havia jurado aos advogados que não havia porta dos fundos e que qualquer detido teria de passar pela porta. Uma das detidas, uma menina, pequena, era acusada de “tentativa de lesão corporal contra um cavalo”… Outro manifestante, de agarrar uma manga para, mais uma vez, “arremessar contra um cavalo”.

    O terceiro, agredido pessoalmente pelo coronel silva filho, comandante da PM, apanhou muito, foi ameaçado de morte, e foi o último a “aparecer na delegacia”.

    Os abusos, para mim, são claros. Felizmente, conseguimos extinguir os processos contra o pessoal que se protegeu dos cavalos e o processo contra o terceiro manifestante foi acompanhado de uma representação contra o coronel. Foi baixado para diligências e terá seguimento.

    Somente conseguimos liberar os 3 por volta das 23h30 minutos. Acrescento a isso: A Polícia Civil se recusou a fazer BOs dos agredidos pela PM; o IML estava fechado; quem foi agredido teve que procurar atendimento nos hospitais públicos e particulares, e pedir laudos das lesões.

    O pai de uma manifestante – aquele senhor que aparece deitado sendo pisoteado pelos cavalos, que impedem o seu resgate pelo resto do pessoal – está bastante ferido, sendo atendido em Sobradinho. E ele foi agredido, especialmente, pq era da Imprensa!

    Vejam ainda o vídeo http://vimeo.com/8087713 e me digam se um coronel desses pode comandar uma ação desse porte.

    Arake, não, manifestação não tem hora controlada pela polícia. A ditadura já acabou.

    Vejam, por fim, nos vídeos, a cavalaria e o BOPE agredindo manifestantes no GRAMADO. Quando ninguém obstruía porra nenhuma. Qual o motivo disso?

    O que ocorreu ontem foi um grave atentado contra liberdades democráticas, por uma força policial que está sendo manipulada por um governador para agir em seus próprios interesses pessoais.

    Aguardamos a indignação e manifestação de todos contra esses abusos.

  6. Para quem estava na manifestação como eu, sabe que houve uma clara atitude de parar o protesto. A PM não estava lá para garantir a segurança ou integridade como estão dizendo, sua presença era para impedir que a manifestação acontecesse. Ficávamos correndo de uma pista a outra fugindo das investidas deles, um absurdo.
    Há quem diga que houve uma ordem direta do governador para que acabasse com a manifestação…

  7. Confesso que fiquei totalmente desacreditada de td depois que eu vi o video dos policiais agredindo os manifestante que já estavam na grama.
    A população está órfã. Manifestaçõess já n se pode fazer,pq policiais agridem,ameaçam.. Denunciar,já n é o bastante,já que diversos órgãos estão envolvidos no escandalo,e nós ficamos desamparados. Gritar nas ruas,o nosso grito é abafado,ngm ouve,ngm entende.. todos acham que somos vandalos e estamos ali por puro lazer,ou pq estamos qrendo aparecer na TV.
    Nesse momento,eu me sinto inutil. Não posso manifestar afim dos meus direitos,não posso manifestar afim de qrer punição para aqueles que agrediram meus copanheiros de luta sme motivo.
    Em que mundo que vivemos? Quem deveria nos representar e aprsentar melhorias para o nosso país,cidades,bairro.. coloca o dinheiro para essas melhorias,em meias ,cuecas.. Quem deveria nos proteger,agride pessoas inocentes,torturam e ameaçam.
    Não dá pra acreditar nessa violência..
    ‘Meu coração está aos pulos.. qtas vezes minha esperaça será posta a prova?!’
    Aos que foram agredidos,vamos lutar até o fim para que esses hematomas na pele e na alma,valham a pena.

  8. Pingback: Sem manifestação não há democracia. « Brasil e Desenvolvimento

  9. Pingback: Observatório da violência policial contra manifestações políticas « Brasil e Desenvolvimento

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s